Plataforma de Pesquisa da Fiocruz em Mato Grosso do Sul (MS) desenvolverá medicamentos e vacinas

Um convênio de R$ 14,854 milhões, assinado entre a Fiocruz e o Governo do Estado do Mato Grosso do Sul, viabilizará a instalação de uma Plataforma de Pesquisa Científica em Campo Grande. O termo de cooperação foi assinado nesta segunda-feira (20/6) pelo governador Reinaldo Azambuja e pela presidente da Fiocruz, Nísia Trindade Lima.

Divulgação - Julio Croda

O novo espaço de pesquisa será voltado ao desenvolvimento de novos insumos, como medicamentos e vacinas, e para novas aplicações de remédios já existentes.

Na oportunidade, o infectologista Julio Croda, pesquisador da Replick, falou sobre a importância das pesquisas clínicas para o desenvolvimento de novas terapias e para produção de novo conhecimento científico. A Replick foi apresentada por Croda como um dos projetos coordenados por ele em Campo Grande/MS.

Clique aqui para saber mais.