CONTATO

EMAILS

cabec3a7alhoini_png.png
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • Branco Twitter Ícone

© 2019 por Rede Pesquisa Clínica e Aplicada em Chikungunya (Replick)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

 

SOBRE A REPLICK

A Rede de Pesquisa Clínica e Aplicada em Chikungunya (Replick) é um consórcio harmonizado de estudos clínicos aplicados à Chikungunya, que visa a constituição de um biorepositório/biobanco sobre a doença e de informações uteis baseada em evidências científicas.

Financiada pelo Departamento de Ciência e Tecnologia (Decit), do Ministério da Saúde, envolve 11 centros de pesquisa de nove estados brasileiros. A Rede é coordenada pelo Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz), no Rio de Janeiro.

Principal Estudo

O principal estudo da Rede, que deu origem a mesma,  é o Estudo Multicêntrico da História Natural e Resposta Terapêutica de Chikungunya, que tem com foco as Manifestações Musculoesqueléticas Agudas e Crônicas.

Nesse estudo dois mil participantes têm acompanhamento de uma coorte prospectiva de três anos de duração, a fim de estimar a taxa de gravidade e cronificação e fatores associados à doença. Também são avaliadas estratégias de manejo da doença, além de estimar o impacto socioeconômico e psicossocial da Chikungunya, de forma a prover evidências de qualidade para guiar estratégias e políticas de atenção à saúde em todo território nacional.

Aspectos do estudo:

O estudo Replick conta com quatro aspectos:

1- Seguimento clínico:

– Recrutamento na fase aguda da doença, quando os sintomas clínicos são os mais nítidos no paciente;

– Abordagem pós-aguda ou crônica da doença;

2- Componente translacional:

– Biomarcadores;

– Resposta imune;

3- Resposta terapêutica:

– Avaliação na coorte;

4- Epidemiloogia:

– Fatores associados e impacto no SUS.

 
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Preto Ícone Twitter